Seguir as pisadas do Rebanho (Cântico dos Cânticos 1:8)

No livro de Cântico dos Cânticos de Salomão capítulo 1 versículo 7 em que a Sulamita (mulher camponesa que representa nós cristãos) fala assim: "Dize-me ó amado de minha alma: Onde apascenta o teu rebanho, onde o fazes repousar pelo meio-dia, para que não ande eu vagueando junto ao rebanho dos teus companheiros?". Observamos que o Senhor neste trecho nos fala de um
rebanho, que no evangelho de João também nos diz que
Ele (O Senhor) é o Bom Pastor (JO 10:11) e que Ele possui outras ovelhas conforme as palavras de Jesus
"não deste aprisco; a mim me convém conduzi-las; elas
ouvirão a minha voz; então haverá um só rebanho e um
só pastor" (JO 10:16) e as suas ovelhas estão atentas a
ouvirem a voz do seu pastor (CT 8:13).

Ela pergunta para o Senhor aonde "Ele apascenta o seu rebanho, e onde Ele os faz repousar ao meio-dia", vemos no antigo testamento o número 12 nos cabeças das tribos do povo de Israel e no número de apóstolos que desfrutaram da intimidade da comunhão pessoal e física do Senhor. O número 12 (doze) na Antiga e na Nova Aliança, em dois ministérios!, que na verdade constituem Um Único Ministério. No Ministério do Novo Testamento os 12 apóstolo passaram a conduzir o ministério do Senhor na Terra, portanto é um número que tem a ver com a "administração de Deus na terra". Então, vemos um cristão individual na pessoa da Sulamita querendo saber do Senhor aonde o falar, e o direcionar puro do seu minitério está sendo dispensado na terra!.

O Senhor diz a Sulamita para que ela saia pelas pisadas dos rebanhos (CT 1:8), se você verificar o original (recomendo ver na Versão Restauração http://www.recoveryversion.org/) verá que diz:
"Sai pelas pisadas do rebanho". Ou seja, que existe
apenas "um rebanho específico" onde O Supremo Pastor (HB 13:20; 1PE 2:25; 5:4)se dispensa. Presisamos seguir o Ministério daquele que nos diz que vai edificar a sua igreja (MT 16:18), não os falhos ministérios humanos que já possuem um vasto histórico de fracassos!.

Observe que a Amada buscou o Amado de sua Alma rodeando pelas ruas e pelas praças e não encontrou! (CT 3:1-2). Ela inclusive foi encontrada pelos guardas que rondavam a cidade, e perguntou a eles, mas os mesmos não souberam responder! não sabiam aonde estava o amado da alma dela!(v,3). Observe que ela só encontra o Senhor quando deixa os guardas no versículo 4. Observe ainda que em CT 5:7 na busca dela pelo Senhor e não pelas obras(que distraem do Senhor) os guardas a encontram novamente e a espancam e ferem!. Espancar e ferir os irmãos só acontece quando os irmãos tem apenas a doutrina da igreja local, e não possuem a realidade espiritual!. É o que W. Nee chama de Localismo em sua Obra "A direção de Deus para o homem!", quer dizer, é simplesmente possuir a doutrina que divide igrejas por localidade desprovida da verdadeira REALIDADE do corpo de Cristo. O mero conhecimento doutrinário e legalista de várias porções da própria bíblia propicia a formação de grupos autoritários, que presunçosamente são os donos da verdade. Observe também que "os guardas dos muros" tiraram o manto da Sulamita, ou seja, o manto na bíblia representa a justiça de Deus (IS 61:10) e algumas vezes é associado a armadura de Deus (IS 59:17) usada na guerra espiritual (Ef 6:13-19). O manto foi criado com a finalidade de proteger as pessoas de fenômenos naturais, como o frio, e os guardas dos muros retiraram da sulamnita um recurso que ela dispunha para esta finalidade. Muitas santos estão hoje preocupados em
fazer obras para Deus, ou de preservar de maneira legalista os muros/limites da cidade/localidade, se esquecendo do Senhor da Obra!. Enquanto a sulamita estava preocupada em encontrar o seu Senhor, os guardas não sabiam responder onde o Senhor que eles estavam protegendo estava!. Os guardas espancaram e feriam a mulher e donzela Sulamita que tinha acesso a recâmara Real(Santos dos Santos). O que será que o rei Salomão fez a estes guardas que bateram em sua donzela em vez de
proteger o Reinado dos verdadeiros inimigos?. Bem, mas
a nossa concentração deve ficar em nos agarrar ao
Senhor e não deixá-lo ir embora(CT 3:4)

E bom ressaltar que o guardas na bíblia costumeiramente
refletem aspectos negativos (nem sempre), principalmente quando prenderam, bateram, cuspiram, cruscificaram e furaram o lado do Senhor!. Observe que os apóstolos também foram presos e mortos nas mãos de guardas!. Ocorre o mesmo com o problema do legalismo dos que se focam mais na base da localidade, esquecendo de que o que permanece é a fé, esperança, e o amor (1CO 13:13). E que no verdadeiro rebanho do Senhor só existe espaço para ovelhas e pastores (CT 1:8), e não para guardas inconseqüêntes!.

Referência Bibliográfica:

1- A Bíblia
2- Lee, Witness. Life-Study of Song of Songs. Disponível em: www.ministrybooks.org/books
3- Nee, Watchman. A Direção de Deus para o Homem. São Paulo: Ed. dos Clássicos.2004. 303 p.
4- Lee, Witness. O Ministério do Novo Testamento. São Paulo: Ed. Árvore da Vida. 121 p.

Fonte do texto: http://restauracaodaigreja.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão aceitos ataques ou ofensas a pessoas ou grupos!