Óleo Extra

Sábado, cuidando do conserto da elétrica do meu carro aprendi que, mesmo uma pessoa que só trabalha com elétrica de carros, pode se confundir.

Foi necessário ouvir a opinião de três entendidos e fazer muitos testes. A realidade precisa ser testada. Nos assuntos de “Deus conosco” também. Ninguém abarca tudo. Cada um é uma parte do todo. E tudo o que vamos recebendo como conhecimento precisa passar pelo teste da realidade. É provando que vamos aprendendo. Penso que os medrosos não herdarão o Reino.

À tarde, provei de depressão. É como um cálice de veneno: você bebe um pouco, distraidamente... É tão real, tão concreta. Dá até para tocar naquela dor... tão inerente ao ser humano. À noite, junto com os santos, lembramos mais uma vez que a humanidade foi envenenada lá no princípio. Satanás tinha que fazer algo para atrapalhar o que Deus estava fazendo. E, enquanto ele pensava estar estragando o homem e o plano de Deus, ele estava era entrando numa arapuca. Ele foi pego! Ele estava solto antes, mas agora ele havia entrado no homem, através do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Fez um belo de um estrago, sim! Mas, quando Jesus foi crucificado, todos os homens foram crucificados Nele e o rato também morreu, porque caíra na ratoeira. Então, todas as coisas e seres relacionados às trevas têm seus dias contados.

E quanto a nós? “Portanto, assim como por um só homem (Adão) entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram (ou, todos foram envenenados – e o salário do pecado é a morte, cfe. Rm 6:23). (...) Entretanto, reinou a morte deste Adão até Moisés” (até o final da Era da Lei) – Rm 5:15. Porque Paulo diz isso? Porque, “se pela ofensa de um só, morreram muitos, muito mais a graça de Deus e o dom da graça de um só homem, Jesus Cristo, foram abundantes sobre muitos (...). Se pela ofensa de um e por meio de um só, reinou a morte, muito mais os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça, reinarão em vida por meio de um só, a saber, Jesus Cristo” (Rm 5:17).

Então, através da morte e ressurreição de Cristo, nós também morremos. E ressuscitamos no Reino de Deus, um reino de vida!

Quando Paulo fala desse reino, não está se referindo a um reino político, mas é algo que podemos entender assim: há diferentes reinos – animal, vegetal, mineral, etc. O reino a que Paulo se refere é o reino da vida ressurreta de Jesus Cristo. Quanto Ele ressuscitou (e nós com Ele) surgiu uma nova criação (2Co 5:17, Cl 3:10, Ef 4:24), um novo reino, um reino em vida!

Ele é a videira e nós os ramos (Jo 15:5). E esta videira está se espalhando sobre a Terra. Ela é cheia da vida ressurreta de Jesus Cristo. E está tragando toda a morte!

Na luta espiritual, o inimigo já está derrotado. Porque antes de morrer na cruz, Jesus disse: “Está consumado” (Jo19:30). Então, quando “consideramos” que já estamos nesta esfera do Reino, e nos apossamos disso pela fé, nada nos poderá deter. Até mesmo porque já morremos um vez em Cristo. O que o inimigo e seus seguidores poderão fazer contra nós? Eles é que nos temem,, porque “as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja” (MT 16:18).

O maior pavor que as trevas provocam nos homens é o medo da morte. Mas, se já morremos com Cristo, isto já não pode mais nos atingir.

Vimos em Joel 2 que, depois de termos nossos corpos glorificados, após a volta do Senhor para sua igreja, nem mais a morte física terá efeito sobre nós: “Correm como valentes; como homens de guerra, sobem muros; e cada um vai no seu caminho, e não se desvia da sua fileira. Não empurram uns aos outros; cada um segue o seu rumo; arremetem contra lanças e não se detêm no seu caminho (...) Diante deles treme a terra, e os céus se abalam; o sol e a lua se escurecem, e as estrelas retiram seu esplendor. O Senhor levanta a voz diante do seu exército; porque muitíssimo grande é seu arraial; porque é poderoso quem executa as suas ordens; sim, grande é o Dia do Senhor e mui terrível! Quem o poderá suportar?” (Joel 2:7-11)

E hoje, no nosso dia-a-dia mais corriqueiro é que estamos sendo preparados para nos tornar esses tais! É HOJE que já podemos saber se estaremos lá naquele dia. É hoje que decidimos qual será nosso lugar naquela grande batalha. É hoje, na minha vida diária que resolvo se quero ou não quero ser um vencedor. Se “cada um segue o seu rumo”, já posso andar hoje no caminho que se abre à minha frente, com todas as possibilidades para já ir provando os poderes do mundo vindouro (Hb 6:15).

Estamos numa época de transição e o óleo para a porção extra nas vasilhas já está ficando escasso.

Senhor, me ajuda na minha falta de fé e me levanta! Me empodera para querer seu uma virgem prudente (MT 25). “Porque é poderoso quem executa as suas ordens”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão aceitos ataques ou ofensas a pessoas ou grupos!